09/09/10

Obra de Carlos Drummond de Andrade


Os críticos costumam dividir a obra de Carlos Drummond em 4 fases bem distintas.                              

1 - Fase gauche - relacionados à geração modernista de 1922, os poemas dessa fase possuem características como verso livre, coloquialismo, humor e predomínio da subjetividade. Também é possível perceber certo isolamento, individualismo e reflexão existencial.      




2 - Fase social - predomínio de temas sociais, como o Estado Novo e a Segunda Guerra Mundial. O poeta manifesta interesse por problemas sociais, dos quais se manteve alienado na primeira fase.


3 - Fase Filosófica - na década de 1950, o poeta mostrou-se desencantado de sua aventura política. Os poemas dessa fase são pessimistas, revelam preocupação com aspectos formais como a regularidade dos versos, e, abarcam temas como a vida, a morte, o tempo, a velhice, o amor, a infância e a própria poesia.

4 - Síntese das fases anteriores - na última fase, os poemas de Drummond retomam o humorismo e a ironia da primeira e aprofundam temas que nortearam a vida do escritor: Infância em Minas, a família, o amor, a morte e os amigos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário